Arnica montana

Reino: Vegetal
Classificação: Semipolicrestos
Principais campos de ação: trauma, hemorragias

     Também chamada de mountain tobacco (tabaco da montanha), é uma planta que mede de 18 a 60cm de altura e possui uma fragância aromática. Os meses de flores são entre maio e agosto na Europa.

     É utilizada por séculos com efeito analgésico e anti-inflamatório, além de cicatrizante e no combate às hemorragias. Possui a toxina helenalina, que pode ser venenosa se em altas doses.

Pontos Principais

  • Arnica é um traumatizado, seja física ou mentalmente – pode ser um trauma como abuso, por exemplo – então tem muito medo que se aproximem, de ser tocado, de ser machucado.
  • Afirma que está muito bem, mesmo que esteja doente. Diz ao médico que não tem nada, que pode ir embora. Mas o motivo disso é que ele não quer ser examinado. A criança até grita ao ser tocado. Tem medo da proximidade e do toque, quer ser deixado sozinho. Também tem medo de lugares públicos, acha que as paredes dos prédios podem cair sobre ele (Arg-n). Tem tanto medo de morrer que acorda com o coração acelerado.
  • Estados de estupor em quadros febris, estando ausente, absorto, sentado sem se mexer. Se fazem uma pergunta, ele responde, mas logo recai em estupor (Bapt).
  • Sua dinâmica gira em torno desses traumas e do sentimento de vulnerabilidade, do desejo de ser impenetrável. 
  • É o principal medicamento de traumatismos, contusões e pancadas, especialmente de partes macias – seja traumas recentes ou antigos. Torções, fraturas, esforço exagerado, Arnica cobre todos esses quadros. Tem a sensação de ter apanhado, que está muito machucado, coberto de contusões.
  • Um keynote é a sensação de que a cama é muito dura (ou qualquer superfície em que ele encoste) – o que vai muito bem com aquele que é frágil e pode se machucar, em contradição com o desejo de ser invulnerável.
  • Grande medicamento também de hemorragias, hematomas, equimoses, trombose.
  • Costuma agravar pelo menor contato, pelo mínimo toque, por sacudidas, em clima frio e úmido, dormindo, ao viajar, em lua crescente. Melhora pelo movimento em geral, com banho frio, deitado de cabeça para baixo. Deseja uísque e vinagre, e tem aversão à leite e carne.
  • Traumas e batidas na cabeça, fraturas de crânio, meningites de origem traumática. Cabeça quente, com nariz e restante do corpo frio. Traumatismos oculares com dor como se batido, equimoses e inflamações por corpo estranho. Epistaxe após pancadas ou por esforços, >nariz inchado com equimose. 
  • Paladar como se com ovo podre na boca. Sente esse cheiro ou esse gosto, especialmente de manhã, ao despertar. O hálito está fétido, pútrido.
  • Afecções da vesícula após traumas ou cirurgias, com hematúria.
  • Metrorragias após o coito ou durante a menstruação (costumam ter adiantadas e abundantes). Na grávida, os movimentos do feto são muito dolorosos, a acordam à noite. Bom medicamento para hemorragias pós-parto e ameaças de aborto por pancadas ou quedas.
  • Paludismo, febre com corpo frio, calafrios no estômago, sede e sensação de corpo todo machucado. Febres de origem traumática, com petéquias, mas o diz não ter nada. Manchas azuis no corpo, tendência a equimoses. 

Atenção!

   Essa página foi criada com o intuito de auxiliar médicos, veterinários, dentistas e farmacêuticos com estudos sobre a Matéria Médica Homeopática.
   A auto-medicação pode gerar efeitos indesejáveis e graves. Indicamos sempre a consulta com um médico homeopata antes de tomar qualquer tipo de medicamento. Se você se identificou com alguma substância, procure um bom especialista e leve a ele suas queixas.

Para ter acesso a outros medicamentos CLIQUE AQUI.

Quer se aprofundar mais no estudo de Arnica montana?

Com o Estudo psicodinâmico de Arnica montana, você tem acesso a:

video-aula exclusiva, com imagens e animações, numa construção temática da matéria médica pura;

quadro dinâmico explicando o contexto trimiasmático do medicamento (psora, sicose – franca e adaptada – e sífilis – egolise, alterlise);

mitologia ou história arquetípica associada, que auxilia a recordação do medicamento e amplia sua concepção simbólica;

estudo aprofundado de cada tópico orgânico (incluindo rubricas repertoriais exclusivas);

ebook (em pdf) com todas as informações contidas na video-aula.

Infelizmente, essa aula ainda não tem previsão de lançamento.

Deixe abaixo seu email que te avisamos assim que ela for lançada!

Essa pequena “pré-inscrição” é importante para priorizarmos a produção de aulas dos medicamentos mais procurados em nosso site.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.