Zincum

Reino: Mineral
Classificação: Policrestos
Principais campos de ação: ansiedade, convulsão,

     O zinco é utilizado na galvanização de outros metais para protegê-los da corrosão, ou seja, como metal de sacrifício. 

     É um elemento químico essencial para vida, intervindo no metabolismo de proteínas e ácidos nucleicos. Tem função no sistema imunológico, na cicatrização de feridas, na síntese do DNA e na percepção sensorial do olfato e dos sabores. 

     A deficiência de zinco gera quedas de cabelos, diarreias, impotência sexual, apatia, cansaço e depressão, lesões na pele e olhos, unhas quebradiças, perda de memória, perda de apetite e de peso, dificuldade de cicatrização e anomalias no olfato.

Pontos Principais

  • Zincum tem grande esgotamento cerebral, estresse causado por estudos prolongados ou atividade mental excessiva. Ou ainda por passar noites sem dormir, vigílias prolongadas ou por ter hábitos de vida noturna. Tem confusão mental e fraqueza de memória, com dificuldade para coordenar seus pensamentos. Antes de responder uma pergunta ele sempre a repete, como se precisasse disso para recordá-la, fixá-la em sua mente. Essa repetição do que lhe dizem é um keynote de Zincum.
  • Hipersensível a qualquer ruído e vozes, não gosta que lhe falem, sua audição é muito aguçada para conversas. Mas ele mesmo atormenta todos com suas queixas, é gemente, ofendido facilmente, às vezes muito irritado e mal-humorado. Seu humor varia muito, da alegria à tristeza em segundos. 
  • Tem sonambulismo, grita muito à noite na cama e tem sobressaltos. É uma pessoa muito agitada, e tem o sono agitado também. Um grande medicamento de tiques nervosos! Tem movimentos involuntários nas bocas, mãos, braços! Intensa agitação nos pés, fica movimentando as pernas constantemente, numa inquietude absoluta. Não consegue mantê-los parados, nem mesmo quando dorme!
  • Tem a ilusão de que cometeu um crime e vão prendê-lo. Tem medo do anoitecer, da escuridão, de ladrões e de morrer.
  • A dinâmica de Zincum gira em torno da conexão das coisas (ele não as conecta, ou conecta demais). 
  • Zincum é um sujeito cansado, debilitado demais, sem vitalidade. Seu quadro costuma vir depois da supressão de erupções ou eliminações (outro keynote). É fraco, especialmente de manhã ao acordar, ou ao caminhar. 
  • Agrava pelo vinho (um dos sintomas mais importantes, todos os seus sintomas aparecem pela menor quantidade de vinho), pelo tato, por sacudidas, por esforços mentais e físicos, caminhando, pelo calor em um aposento quente, ao ar livre ou por correntes de ar, por comer ou beber, por leite, açúcar, carne de vitela. 
  • Melhora durante a menstruação (muito importante, todos os seus sintomas melhoram quando o sangue flui, mas retornam assim que a menstruação cessa), por qualquer eliminação, pela aparição das erupções suprimidas. 
  • Convulsões com a face pálida, nistagmo e ranger de dentes, logo depois de erupções suprimidas. Tem movimentos involuntários no corpo todo, coreia. Convulsões em crianças na dentição. 

Atenção!

   Essa página foi criada com o intuito de auxiliar médicos, veterinários, dentistas e farmacêuticos com estudos sobre a Matéria Médica Homeopática.
   A auto-medicação pode gerar efeitos indesejáveis e graves. Indicamos sempre a consulta com um médico homeopata antes de tomar qualquer tipo de medicamento. Se você se identificou com alguma substância, procure um bom especialista e leve a ele suas queixas.

Para ter acesso a outros medicamentos CLIQUE AQUI.

Quer se aprofundar mais no estudo de Matéria Médica?

Confira os Estudos psicodinâmicos já disponíveis aqui:

Infelizmente, não há previsão de lançamento para o Estudo Psicodinâmico desse medicamento. 

Se você tem interesse que ele seja feito, deixe abaixo sua pré-inscrição, para que possamos priorizar a produção de aulas dos medicamentos mais procurados em nosso site.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.